Clipping Nacional – 31/03/2016

Postado por Fórum 21 em 31/mar/2016

ÚLTIMA NOTÍCIA (17 HORAS)

Agência Brasil, 31.03.2016

Por grande maioria o SFT acompanha a decisão de Teori Zavacki que determina a manutenção da investigação que envolve o ex-presidente Lula no STF. Não poderá mais ser conduzido por Moro.

http://agenciabrasil.ebc.com.br/politica/noticia/2016-03/maioria-dos-ministros-mantem-no-supremo-investigacao-sobre-lula

 

GRANDE IMPRENSA

 

A grande imprensa continua preocupadíssima com a conotação de golpe, bastante forte junto à opinião pública, ao pedido de impeachment de Dilma, e busca, conjuntamente descontituir a idéia. Parece obedecer a um único comando, como se fosse um Pravda na extinta União Soviética.

Aqui as manchetes principais dos jornalões:

Globo:”’É golpe ataca Dilma’; para juristas ‘sobram crimes’” (os juristas? Os autores do pedido!)

Folha: “Repasse de marqueteiros do PT eleva suspeitas sobre reeleição”

Estadão: “Sobram crimes, diz autora de pedido de impeachment” (a jurista encontrada…)

 

Folha de São Paulo, 31.03.2016

Procuradora do MPF de Brasília denuncia o acionista majoritário do grupo Safra e outro ex-executivo por propina ao CARF, como desdobramento da Operação Zelotes, que investigava a rede de corrupção em torno daquele órgão da Receita Federal, encarregado de analisar e decidir sobre casos de sonegação fiscal.

http://www1.folha.uol.com.br/poder/2016/03/1755826-procuradoria-denuncia-dono-do-grupo-safra-por-negociar-propina.shtml

 

Folha de São Paulo, 31.03.2016

Coluna de Bernardo Mello Franco analisa a necessidade de Dilma de ter um olho no gato e outro no peixe. Por um lado, as manifestações chamam por ações mais à esquerda em seu governo. Por outro, a necessidade de ter votos no Congresso para deter o processo de impeachment a leva a buscar alianças “heterodoxas”. Conclui: As próximas semanas vão mostrar se a tática de remar em direções opostas será capaz de salvar o barco

http://www1.folha.uol.com.br/colunas/bernardomellofranco/2016/03/1755841-remando-em-direcoes-opostas.shtml

 

Folha de São Paulo, 31.03.2016

A coluna de Jânio de Freitas. Nela Janio de Freitas analisa no momento atual os contornos políticos das decisões judiciais que não são meramente técnicas, mas que envolvem juízos, ambiente político, vontades. É claro que impeachment em si não é golpe, mas requer atendimento às normas constitucionais.E completa: “O pedido de impeachment ora discutido não é documento jurídico, é ataque raivoso!”

http://www1.folha.uol.com.br/colunas/janiodefreitas/2016/03/1755816-olhares.shtml

 

Folha de São Paulo, 31.03.2016

Artigo de Laura Carvalho analisa as chamdas “pedaladas fiscais” mostrando que todos os gastos incluídos tiveram destinação correta e que eles não ampliaram o total de despesas que poderia ser executado por cada órgão. Qual o crime?

http://www1.folha.uol.com.br/colunas/laura-carvalho/2016/03/1755851-os-escafandristas-virao.shtml

 

O Globo, 31.03.31

Entrevista com Marco Aurélio Mello, ministro do STF, para quem Dilma está certa. Sem crime de responsabilidade qualquer impeachment seria golpe. E ele não vê isso configurado ainda.

http://oglobo.globo.com/brasil/sem-justificativa-impeachment-transparece-como-golpe-diz-marco-aurelio-18983840

 

O Globo, 31.03.31

E quem, afinal, vai pagar o pato? O artista holandês Florentjun Hofman acusa plágio indevido de seu “pato” por parte da Fiesp, tanto por não solicitar a devida licença, infringindo direitos autorais, como por transformá-lo em “paródia política”.

http://oglobo.globo.com/brasil/artista-holandes-acusa-fiesp-de-plagiar-pato-simbolo-de-campanha-contra-governo-18987642

 

Valor Econômico,31.03.2016

Mostra os resultados da última pesquisa Ibope/CNI que mantém praticamente os baixos índices de aprovação da presidente da pesquisa anterior.

http://www.valor.com.br/politica/4503834/cni-governo-dilma-e-bom-ou-otimo-para-10-e-ruim-ou-pessimo-para-69

 

O Estado de São Paulo, 31.03.2016

Mesmo sem o poder, PMDB já se divide entre o que a imprensa poderia chamar, embora a matéria não o faça, de “liberais” e “populistas”. Por ora, a matéria trata da questão dos impostos. Os primeiros querem aumento os segundo não. Mas também da reforma da previdência. As alternativas já estão no Congresso para discussão.

http://politica.estadao.com.br/noticias/geral,agenda-economica-ja-divide-o-pmdb,10000024016

 

 

BLOGS

 

Luis Nassif, 31.03.2016

Nassif prossegue na série sobre o xadrez da política em torno da tentativa de golpe. Ele crê que simplesmente não vai ter golpe porque a percepção da população é que é golpe o impeachment de Dilma. A Globo et caterva não teve sucesso e o desembarque do PMDB foi um tiro no pé dos golpistas diante daquela percepção. A questão fica: e no dia seguinte à derrotada do impeachment?

http://jornalggn.com.br/noticia/o-xadrez-do-naovaitergolpe

 

Sul 21, 30.03.2016

Artigo de Flávio Aguiar, membro do Forum 21, sobre as ações de Temer e do PMDB que o faz lembrar da velha fábula do sapo e do escorpião

http://www.sul21.com.br/jornal/o-carnaval-das-traicoes/

 

Sul 21, 30.03.2016

Entrevista com Ciro Gomes. Sem papas na língua, afirma que a tentativa de impeachment de Dilma na Câmara dos Deputados não passa de uma “corja de ladrões” querendo adotar uma “agenda entreguista”.

http://www.sul21.com.br/jornal/coalizao-de-ladroes-quer-derrubar-dilma-para-adotar-agenda-entreguista-diz-ciro-gomes/

 

Le Monde Diplomatique Brasil, 30.03.2016

Artigo do Prof Alexandre Barbosa sobre o futuro que se abriria diante do não impeachment de Dilma. A nova realidade que se abre requer que se aproveite a “coalizão” alcançada com a reação ao golpe para construir uma nova alternativa que se distancie do que foi até agora realizado nos períodos Lula/Dilma.

http://www.diplomatique.org.br/acervo.php?id=3197

 

Outras Palavras, 30.03.2016

Análise de Pepe Escobar sobre as preocupações norte-americanas com relação ao pré-sal e às ações dos BRICS principalmente. Discute essas e outras questões sobre o prisma de uma visão daquele país que tem sido chamada de “guerra híbrida”, como conceituam nos manuais norte-americanos a ações não-convencionais de suas tropas.

http://outraspalavras.net/brasil/o-brasil-no-epicentro-da-guerra-hibrida/

 

Rede Brasil Atual, 31.03.2016

Sobre a convocação a manifestações por todo o Brasil contra a tentativa de golpe através do impeachment da presidente eleita. Contém uma lista dos locais das manifestações nas grandes cidades brasileiras.

http://www.redebrasilatual.com.br/cidadania/2016/03/31-de-marco-manifestacoes-em-todo-o-pais-vao-combater-o-golpe

 

Luis Nassif, 31.03.2016.

Artigo de Jorge Nogueira Rebolla critica Dilma sem restrições mas avisa: o que pode vir em sua substituição é ainda pior.

http://jornalggn.com.br/noticia/dilma-e-o-pais-entre-o-ruim-e-o-pessimo-por-jorge-nogueira-rebolla

 

 

 

 

Sul 21, 31.03.2016

Artigo de Paulo Moreira Leite

http://www.sul21.com.br/jornal/temer-na-anti-historia-por-paulo-moreira-leite/

 

Consultor Jurídico, 31.03.2016

Artigo de Lenio Luis Streck em que, com senso de humor, comenta o que andou rolando entre os “guardiães da lei” e na área jurídica: como as instruções sobre comportamento que Janot expôs; ou a interpretação de um dos redatores do AI-r, Manoel Gonçalves Ferreira Filho que interpretou o impeachment, à luz da Constituição norte-americana e não da brasileira para defender o impeachment; e, por fim, a defesa de Moro baseada num pedido de desculpas. Sugere, então, que os condenados nos processos da Petrobrás, por isonomia, escrevam a Moro pedindo desculpas e estarão livres.

http://www.conjur.com.br/2016-mar-31/senso-incomum-moro-criou-tipo-extincao-punibilidade-pedido-desculpas

 

Luis Nassif, 31.03.2016

As autores escrevem sobre a agenda escondida do golpe:

http://jornalggn.com.br/noticia/a-inconfessavel-agenda-do-golpe-por-larissa-ramina-e-carol-proner

 

 

ATUALIZAÇÃO (12 HORAS)

 

Sul 21, 31.03.2016

Artigo de Paulo Moreira Leite

http://www.sul21.com.br/jornal/temer-na-anti-historia-por-paulo-moreira-leite/

 

Consultor Jurídico, 31.03.2016

Artigo de Lenio Luis Streck em que, com senso de humor, comenta o que andou rolando entre os “guardiães da lei” e na área jurídica: como as instruções sobre comportamento que Janot expôs; ou a interpretação de um dos redatores do AI-r, Manoel Gonçalves Ferreira Filho que interpretou o impeachment, à luz da Constituição norte-americana e não da brasileira para defender o impeachment; e, por fim, a defesa de Moro baseada num pedido de desculpas. Sugere, então, que os condenados nos processos da Petrobrás, por isonomia, escrevam a Moro pedindo desculpas e estarão livres.

http://www.conjur.com.br/2016-mar-31/senso-incomum-moro-criou-tipo-extincao-punibilidade-pedido-desculpas

 

Luis Nassif, 31.03.2016

As autoras, Larissa Ramina e Carol Proner escrevem sobre a agenda escondida do golpe.

http://jornalggn.com.br/noticia/a-inconfessavel-agenda-do-golpe-por-larissa-ramina-e-carol-proner

 

ATUALIZAÇÃO (14 HORAS)

 

Tijolaço, 31.03.31

Fernando Brito mostra as táticas de investigação da PF a partir do que vazou para os jornais, transformada em polícia política da pior tradição totalitária. Não investigava fatos. Foi atrás de toda a família de Lula a buscar o que o poderia comprometê-lo em sua imagem pela exposição pública de familiares. É repugnante.

http://www.tijolaco.com.br/blog/quer-saber-como-agia-gestapo-aprenda-com-policia-federal-do-brasil/

 

Revista Fevereiro, 29.03.2016

O professor emérito de filosofia da USP, Rui Fausto, analisa a forma de noticiar do Estadão a enorme quantidade de manifestos de intelectuais surgidos contra o golpe. Aponta a malícia e a montagem para ao final dizer que se venderam ao “lulopetismo”. Aponta o filósofo a violência retórica eivada de ódio que o jornal distila e aponta o  padrão dúplice no tratamento da questão da corrupção, dentre outros. Na verdade, desnuda a hipocrisia somada à intolerância que o texto verbera.

https://revistafevereiroblog.wordpress.com/2016/03/29/os-anti-intelectuais/

 

G1, 31.03.2016

E não é que o G1/Globo deu direitinho a matéria sobre o apoio de intelectuais sustentado por manifestos assinados por milhares? Com vídeos e tudo. A ver no que se tranformará após as “máquinas mortíferas” dos editores do JN e do jornal O Globo. Para esclarecer, a matéria consta que Danny Glover, que enviou uma mensagem contra o golpe, faz parte da franquia “Máquina Mortífera”, numa sutil mas bem humorada lateral.

http://g1.globo.com/politica/noticia/2016/03/dilma-recebe-no-planalto-apoio-de-artistas-contrarios-ao-impeachment.html

Categorias: Clipping

Galeria de Imagens

Contato

Telefone São Paulo:
11 3371-6380, 11 3371-6381

E-Mail São Paulo: forum21.org.br@gmail.com

E-Mail Porto Alegre: forum21.poa.org.br@gmail.com

E-Mail Brasília: forum21.bsb.org.br@gmail.com