São Paulo, 22 de março de 2016.

NOTA PÚBLICA DE REPÚDIO

O Departamento de Economia da FEA-PUC/SP vem a público repudiar a ação perpetrada, na noite de 21 de março, pela Polícia Militar a qual agiu de forma despropositada, fazendo uso de cassetetes, gás de pimenta, bombas de efeito moral e balas de borracha contra estudantes desta Universidade que se manifestavam em frente à portaria da Rua Ministro Godoy.

A Polícia Militar, além de atingir os estudantes na rua, desferiu projéteis e bombas de gás lacrimogênio contra janelas e corredores do Edifício Bandeira de Mello onde se encontravam alunos, professores e funcionários da Instituição, causando tumulto e ferimentos, demonstrando comportamento inadequado para lidar com a situação apresentada.

Este é um fato de grave natureza ao ferir a autonomia universitária desta Instituição. Infelizmente essa situação não é nova para a PUC-SP que sofreu, em 1977, a trágica invasão pelas tropas comandadas pelo coronel Erasmo Dias e, em 1984, o incêndio criminoso do TUCA. Neste sentido, repudiamos qualquer ação que avilte a liberdade de manifestação de ideias, de posições políticas e o exercício pleno da democracia. Os valores humanistas, a pluralidade dos saberes e o pleno exercício da cidadania são os que norteiam a história da PUC de São Paulo.

O repudio é a única reação que tais atos merecem.

 

Professores do Departamento de Economia

FEA – PUC/SP

Categorias: Documentos , Notícias

Galeria de Imagens

Contato

Telefone São Paulo:
11 3371-6380, 11 3371-6381

E-Mail São Paulo: forum21.org.br@gmail.com

E-Mail Porto Alegre: forum21.poa.org.br@gmail.com

E-Mail Brasília: forum21.bsb.org.br@gmail.com